A Rádio Nacional da Amazônia completa 40 anos

A Rádio Nacional da Amazônia completa 40 anos nesta sexta feira dia 1º de Setembro de 2017.  A programação diferenciada leva informação a moradores de áreas rurais, ribeirinhas e fronteiriças

Uma ferramenta de segurança nacional. Esse foi o caráter inicial atribuído à Rádio Nacional da Amazônia, no contexto de regime militar no Brasil. Num período de população nas ruas pedindo a retomada da democracia e liberdade para presos políticos, em 1º de setembro de 1977, a Rádio Nacional da Amazônia foi inaugurada, transmitindo em ondas curtas para mais da metade do país.

airtonmedeirosvaldivinosousa

O professor Valdivino Sousa e o apresentador Airton Medeiros, o professor visitou os estúdios da emissora e conheceu os bastidores. O programa Nossa Terra tem como público alvo os agricultores familiares, extrativistas, das regiões Norte, Nordeste e Centro Oeste.  De segunda a sexta-feira, das 17h às 18h45, o programa leva para os ouvintes informações sobre o meio-ambiente, agronegócio, pecuária, cooperativismo e novas tecnologias. O programa nasceu dentro das comemorações de 26 anos da Rádio Nacional da Amazônia, em setembro de 2003. Airton Medeiro durante 17 anos apresentou a Voz do Brasil, dos quais 05 deles foram ao lado de Sula Sevilles.

” Rádio Nacional da Amazônia faz parte da minha vida, desde de 1980, ainda quando morava na Bahia ouvia a rádio pelo radinho de pilha, praticamente cresci ouvindo a programação da Nacional”, explica Valdivino Sousa.  Atualmente Valdivino Sousa conhece toda a história e equipe da rádio, desde dos mais antigos como José Nery e Paulo Torres, Artemiza Azevedo, Edelson Moura, Clyaton Aguiar, entre outros.

A rádio começou a levar informação a moradores de áreas rurais, ribeirinhas e fronteiriças, onde outros veículos de comunicação, ainda hoje, têm dificuldade de acesso. A relação com o ouvinte, segundo a coordenadora da rádio Artemisa Azevedo, moldou o trabalho da equipe e abriu um horizonte antes desconhecido. “Quando nós iniciamos, nós começamos a fazer uma pesquisa e fomos descobrir quem era o povo da Amazônia e o que eles queriam. Então a princípio, nós perguntávamos: ‘o que a gente faz pra vocês? O que vocês esperam da gente?’ E aí eles começaram a mandar cartinhas: ‘Ah, eu quero isso, eu quero isso..’ E a gente foi moldando a nossa programação em cima do que eles pediam pra gente, né.

Eles nos ensinaram a princípio, como fazer o nosso trabalho”, conta Artemisa. A rádio começou a integrar a região com outros estados por meio de informação e também por mensagens e recados. No ar com o programa que promove a integração entre ouvintes há 32 anos, a apresentadora Carmem Crisula, mais conhecida como Sula Sevilis, ressalta a função da rádio como um verdadeiro Ponto de Encontro. “Nós criamos o Ponto de Encontro porque havia muitas cartas que nós recebíamos de ouvintes que queriam encontrar seus parentes, desaparecidos. Porque a amazônia na verdade estava se abrindo como região, muitas pessoas do Brasil iam tentar sua sorte, plantar e também garimpar né, e aí os parentes que ficavam nos outros estados queriam saber notícias”, relembra.

O conteúdo da Nacional sempre atingiu os mais diversos públicos. As crianças, por exemplo, tinham o Encontro com Tia Leninha que estreou em 1979, apresentado pela querida Helena Bortone, e que marcou a infância de muita gente. Em 2004, a rádio inovou com a criação do primeiro radiojornal com uma pauta voltada exclusivamente para a região: o Jornal da Amazônia. O programa Falando Francamente ganhou diversos prêmios com quadro que falava de forma didática sobre a previdência.

Atualmente, ao completar 40 anos, a Rádio Nacional da Amazônia vem transmitindo em baixa potência. Ela parou de transmitir em ondas curtas por causa de um incêndio na subestação de energia, em março deste ano. Assim, a internet é hoje uma grande aliada e além da transmissão via satélite, a Nacional pode ser ouvida pelo site e pelo aplicativo Rádios EBC.

 

Anúncios
Marcado com: , , , , , , , , , , , , , , , , ,
Publicado em Valdivino Sousa na Imprensa, Valdivino Sousa na Mídia, Valdivino Sousa Notícias

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Arquivos
Siga-me no Twitter
Follow Valdivino Sousa, Entrevistas concedidas a Jornais Revistas e Rádios on WordPress.com
Estatísticas do blog
  • 427 hits
Fotos do Flickr
%d blogueiros gostam disto: